ENCONTRE ALGUÉM!!!

ENVIE: Cartas, E-mail (amor.segundas@gmail.com), msn: itacaitefm88.1@hotmail.com

segunda-feira, 27 de setembro de 2010

Como se comportar ao conhecer a família do namorado


Conhecer os pais do namorado e/ou apresentar os seus a ele pode virar uma roubada. Veja dicas que podem salvar aquele almoço envergonhado de domingo.


O psicólogo, psicoterapeuta e professor da PUC-SP Antonio Amador recomenda deixar todo mundo agir livremente. Não faça exigências de que as pessoas se comportem de uma maneira ou de outra, diz. A espontaneidade é sempre a melhor saída. Movimentos falsos são sempre percebidos, ainda que intuitivamente.



Se você namorou por muito tempo com um cara que era como um filho para os seus pais, nem tente empurrar um novo namorado porta adentro sem preparar muito bem o terreno. Se a família se apegou ao ex, é preciso respeitar o tempo do luto dela. Seus pais e irmãos perderam a convivência com uma pessoa querida. Pode ficar parecendo que o novo namorado vai ocupar o lugar do anterior... O que de fato vai!, explica Amador. Ir devagar, nesse caso, é bom para preservar seu novo amor de constrangimentos.


A terapeuta familiar e de casais Marina Vasconcellos avalia que promover o conhecimento entre os pais e o namorado em um ambiente com outras pessoas pode ser uma boa estratégia para o encontro não se tornar um interrogatório. Em um almoço com mais gente, é mais fácil fugir de conversas muito forçadas ou daquele climão de cuidado, você está sendo vigiado. 

Agora, o que fazer quando você já sabe que a família sofrerá um choque por existir preconceito relacionado a alguma característica do novo namorado, como diferenças étnicas, religiosas, sociais? O melhor, segundo Marina, é evitar o susto. Ela recomenda discutir a relação com os pais antes de partir para as apresentações. Antonio Amador ressalta ainda que, se nessa conversa a família se mostrar resistente, é melhor nem levar o namorado para ser destratado.


Regras de etiqueta para o encontro com os sogrões


> Planeje o look da ocasião, que deve ser básico e discreto. A menos que a reunião aconteça numa praia, não mostre demais o corpo.
> Início de namoro é um fogo só; portanto, contenha o impulso de se entregar aos beijinhos no sofá. Todo mundo, disfarçadamente ou não, estará reparando nas suas atitudes.
> Sexy no último é a derradeira coisa que uma mulher deve estar ao ser apresentada à família do namorado. É melhor vestir-se discretamente de forma a não aparecer nem de mais nem de menos.
> Seja você mesma com uma dose extra de bom senso. Certos traços de personalidade, como mau humor e pavio curto, só devem ser mostrados a alguém com quem tenha intimidade. O que não é o caso aqui.
> Evite se envolver em polêmicas. Discutir nesse primeiro momento passa a impressão de que você é agressiva. Também não banque a superboazinha nem fique calada demais para que não a chamem (pelas costas, lógico!) de mosca-morta.
> Coma, menina! Esse não é um bom dia para dieta. E elogie a comida! Claro, se for alérgica ou tiver pavor do prato oferecido, recuse com educação.

Fonte: GLOSS
Por: Sílvia Amélia de Araújo
Foto: Daniel Gnattali

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário